Goleiro, que disputou a final da 1958, é a maior “vítima” do Brasil em Copas do Mundo

Ele foi titular absoluto da Suécia de 1949 a 1958, realizando 73 partidas. Com ele na equipe, o futebol sueco conseguiu feitos expressivos.

0